George Orwell: 6 Perguntas para Escritores

Patricia

Patricia

Doida por tecnologia e viciada em Hi-Chew.
Faz toda parte de design, layout e programação.
E no final do dia, repõem o estoque da geladeirinha.
Patricia

Últimos posts por Patricia (exibir todos)

O escritor britânico George Orwell, autor da famosa obra distópica 1984, A Revolução dos Bichos e Na pior em Paris e Londres, entre outros, era simpatizante do anarquismo e suas obras geralmente são marcadas pela inteligência, pelo humor com que descreve as situações, com consciência das injustiças sociais e geralmente tecendo críticas aos governos totalitários, que ele detestava, e sempre numa escrita clara e apaixonante.

George Orwell: 6 Perguntas para Escritores

Orwell é considerado o melhor cronista da cultura inglesa do século XX e sua influência na cultura popular é inegável, basta pensar no termo orwelliano ou Big Brother, por exemplo.

Segundo ele, estas são as 6 perguntas que um escritor deve fazer quando estiver praticando seu ofício:

  1. O que estou tentando dizer?
  2. Que palavras vão expressar essa idéia?
  3. Que imagem ou linguagem irá tornar essa idéia mais clara?
  4. Esta imagem é “fresca” o suficiente para ter um efeito?
  5. Será que eu poderia encurtar isso?
  6. Escrevi algo que é desnecessariamente feio?

Muitas vezes pode-se ficar na dúvida sobre o efeito de uma palavra ou frase, por isso precisamos de regras quando o instinto falha. Eu acho que as seguintes regras cobrirão a maioria dos casos:

  1. Nunca use uma metáfora, símile, ou outra figura de linguagem que você está acostumado a ler por aí.
  2. Nunca use uma palavra longa onde uma curta pode ser usada.
  3. Se é possível eliminar uma palavra, elimine.
  4. Nunca use o passivo, onde você pode usar o ativo.
  5. Nunca use uma frase estrangeira, uma palavra científica, ou um jargão se você pode usar um equivalente na sua própria lingua e que é usado frequentemente.
  6. Quebre qualquer uma destas regras se estiver prestes a escrever algo bárbaro.

Do ensaio de Orwell, Politics and the English Language.

Sobre Patricia

Doida por tecnologia e viciada em Hi-Chew.
Faz toda parte de design, layout e programação.
E no final do dia, repõem o estoque da geladeirinha.