The Witch Elm, de Tana French

The Witch Elm, o mais recente livro da autora irlandesa Tana French, não faz parte da sua saga de detetives Dublin Murder Squad, mas sim conta a história de um jovem charmoso e sortudo, Toby, cuja vida é radicalmente alterada depois que seu apartamento é invadido e ele leva uma surra dos invasores que o deixa com graves sequelas. Afim de se recuperar e também ajudar um ente querido, ele decide passar um tempo em Ivy House.

Você pode achar que a trama vai se desenrolar para descobrir quem invadiu o apartamento de Toby e por que, mas a vida do rapaz se complica ainda mais quando um crânio humano é encontrado na Ivy House, a casa onde Toby esta se recuperando e onde ele e seus primos passavam os verões na época da sua adolescência.

The Witch Elm, de Tana French

O livro tem 526 páginas e elas estão recheadas. Quando eu estava apenas a 1/4 do livro tive a impressão de conhecer Toby melhor do que algumas pessoas reais na minha vida. E sendo ele uma destas pessoas privilegiadas que nunca teve um reverse na vida até a fatídica invasão do seu apartamento, foi difícil simpatizar com tudo de horrível que estava acontecendo com ele.

Continue reading

11 dicas para escrever de Joyce Carol Oates

Joyce Carol Oates é uma aclamada escritora norte-americana com mais de 40 obras publicadas, ganhadora de prêmios do National Book Award e The Pen/Malamud Award for Excelllence in Shoort Fiction. Seu nome já foi cogitado ao Prêmio Nobel da Literatura e ela teve 3 obras indicadas ao Pulitzer: Black Water (1992), What I Lived For (1994), e Blonde (2000). Suas obras geralmente abordam temas como a tensão racial, a violência e a pobreza.

11 dicas para escrever de Joyce Carol Oates

Através do seu Twitter oficial ela dá dicas variadas aqueles de desejam se dedicar a escrita. Abaixo seguem 11 dicas para escrever compiladas via Twitter:

1. Escreva com todo seu coração.

2. A primeira frase só pode ser escrita após a última frase ter sido escrita. PRIMEIROS ESBOÇOS SÃO TERRIVEIS. PROJETO FINAL, PARAÍSO.

Continue reading

Vencedores do 10º Prêmio Anual Goodreads Choice

Goodreads é de longe minha plataforma social favorita: você pode manter uma página com todos os livros que leu e/ou pretende ler, pode dar notas, escrever resenhas e ler o que outras pessoas estão pensando sobre um livro. Sempre que vejo o lançamento de um novo autor que não conheço, dou uma olhada no que meus amigos estão falando sobre a obra antes de decidir embarcar na leitura. Ou quando estou sem idéias do que ler, simplesmente vejo o que as pessoas estão comentando. Já descobri novos autores assim, e também escapei de livros que pareciam não valer muito a pena.

Vencedores do 10º Prêmio Anual Goodreads Choice

Desde 2009 o Goodreads convoca todos seus usuários para votarem nos livros que consideram os melhores do ano, chegando assim ao Prêmio Anual Goodreads Choice. São 21 categorias e a votação acontece em 4 rodadas até finalmente conhecermos os mais votados.

Este ano a votação contou com mais de 5 milhões de votos e posso dizer que estou feliz em ver que alguns dos meus livros favoritos chegaram a final.

Aqui vai a lista completa de todos os vencedores em todas categoria. Parabéns aos vencedores do 10º Prêmio Anual Goodreads Choice.

Henry Miller: 10 dicas para escrever

Pode-se dizer que Henry Miller criou algo como uma nova forma literária: romances semi-autobiográficos que mesclam narrativa com filosofia, misticismo e comentários sociais, todos temperados com cenas sexuais explícitas (foi por esse motivo que seus livros foram proibidos nos EUA até 1961). Entre seus livros mais famosos estão: Trópico de Câncer (1934) e Trópico de Capricórnio (1939).

Henry Miller

Abaixo segue uma pequena lista com algumas dicas do mestre para aprimorar a sua escrita:

1. Trabalhe em uma coisa de cada vez até terminar.
2. Não inicie mais livros novos, não adicione mais material novo ao “Black Spring”. (aparentemente, ele está se dando este conselho.)
3. Não fique nervoso. Trabalhe com calma, alegria e imprudência com o que tiver em mãos.
4. Trabalhe de acordo com o programa e não de acordo com o humor. Pare na hora marcada!
5. Quando você não pode criar você pode trabalhar.
6. Cimente um pouco a cada dia, em vez de adicionar novos fertilizantes.
7. Mantenha-se humano! Veja pessoas, vá a lugares, beba se quiser.
8. Não seja um cavalo de puxar arado! Trabalhe apenas com prazer.
9. Descarte o programa quando quiser, mas volte no dia seguinte. Concentrado. Diminua. Exclua.
10. Esqueça os livros que você quer escrever. Pense apenas no livro que você está escrevendo.
11. Escreva primeiro. Pintura, música, amigos, cinema, tudo isso vem depois.

Do livro de Henry Miller, Henry Miller on Writing.

Para comprar livros deste autor, visite Amazon.

Feliz Natal!

Toda equipe da editora Siana Press deseja Feliz Natal e um Excelente 2018 para nossos amigos e clientes.

Happy 2018

Scroll to top