The Sevem Husbands of Evelyn Hugo, de Taylor Jenkins Reid (resenha)

The Sevem Husbands of Evelyn Hugo, de Taylor Jenkins Reid (resenha)

Me indicaram o mais recente livro da autora Taylor Jenkins Reid, Daisy Jones & The Fix (Uma História De Amor e Música), que atualmente esta na lista dos mais vendidos do NY Times.

Fui ler os reviews e sobre o que se trata, e confesso que não me interessei, mas resolvi ler The Sevem Husbands of Evelyn Hugo (Os Sete Maridos de Evelyn Hugo). As resenhas estavam ótimas, a nota no GoodReads esta em 4.30 e muita gente falando o quanto tinha se emocionado com o livro.

The Sevem Husbands of Evelyn Hugo, de Taylor Jenkins Reid (resenha)

The Sevem Husbands of Evelyn Hugo é sobre uma estrela de cinema de Hollywood, vivendo em reclusão e que decide contar tudo sobre sua vida cheia de glamour, escândalos e seus 7 maridos para uma jovem escritora.

Para isso, Evelyn Hugo entra em contato com a reporter/escritora Monique Grant e neste ponto estabelece-se o primeiro mistério: por que esta estrela deseja contar seus mais íntimos segredos para Monique, e somente Monique, uma total desconhecida?

A premissa é boa, e por conta das resenhas que elevaram o livro as alturas, eu decidi ler. Só que esperei demais e me decepcionei…

O lado positivo é que eu adorei a diversidade dos personagens e acho que neste sentido a autora acertou. Infelizmente isso não foi o suficiente para salvar o resto. Achei o diálogo fraquinho e a prosa sem emoção, especialmente porque li muitas pessoas dizendo o quanto choraram ao ler o livro.

ALERTA DE SPOILER
Além dos diálogos deixando a desejar e a prosa assim-assim, certos relacionamentos não me convenceram: infelizmente o relacionamento entre E. e C. não me pareceu amor real e verdadeiro de jeito nenhum. Não importa o quanto a autora tenha batido nesta tecla, mas aquilo não me tocou como mais do que desejo e química, pura e simples. O relacionamento entre E. e H. Foi muito mais crível e me convenceu como um relacionamento de amor e respeito.

Quanto aos personagens, Evelyn esta bem na maior parte da trama. Eu já lidei com atores ultra-famosos e a autora capturou bem a certa essência que os cerca. Pode ser que eu esteja projetando, mas enfim. Por outro lado o personagem de Monique não me convenceu de jeito nenhum. Achei flat, raso, e foi colocada lá para dar aquele twist no final. E só.

E o final!? Parece que foi concebido para emocionar o leitor, e apesar d’eu não ter previsto uma parte do desfecho (não o final, que é bem óbvio desde o início com Evelyn se negando a falar sobre certas coisas), sabia que algo ia acontecer porque Evelyn lembrava Monique a todo momento que ela não era uma pessoa legal.

É um livro terrível? Não. É passável, fácil de ler e não requer absolutamente nada do leitor. Uma leitura desconstraída de verão. Muito hype + nota alta no GoodReads acabou criando uma expectativa bem alta, que infelizmente não correspondeu a realidade.

A parte triste é que depois de ler pessoas que criticaram o atual best-seller Daisy Jones & The Fix dizendo que The Sevem Husbands of Evelyn Hugo era muito, muito melhor, bom, acho que tão cedo não vou ler outro livro desta escritora.

Para comprar livros deste autor, visite Amazon ou Livraria Saraiva.

Patricia
escrito por
Patricia

Deixe sua opinião